Novidades, Podcast

Previdência Privada Complementar no Processo Sucessório

previdencia-privada-complementar-blog

 

Hoje vou falar como Previdência Privada Complementar pode apoiar no processo sucessório, evitando aquelas brigas intermináveis.

Vamos lá…

Toda vez que eu passo na frente de um imóvel em ruínas, eu logo imagino “este imóvel deve ser fruto de uma herança que está em briga no processo sucessório”. Isso é muito comum de acontecer.

Acontece que quando o proprietário vem a óbito tem os filhos, a esposa, às vezes tem mais que uma esposa, filhos e inclusive fora do casamento… É comum aparecer pessoas requerendo parte da herança que a família desconhece. Esses processos costumam se arrastar por longos períodos.

Por quê?

Porque ninguém quer colocar a mão no bolso para bancar as custas onerosas de um processo sucessório. Você sabia que um processo sucessório pode custar até 40% dos valores dos bens herdados? É isso mesmo.

Sem contar que durante todo o tempo moroso que está rolando o processo, os bens precisam de:

  • Manutenção;
  • Pagamento de impostos…

E aí, quem é que vai bancar? A família está brigando, quem tem dinheiro suficiente e não depende daqueles bens está pouco se lixando e quem realmente precisa, talvez não tenha recursos financeiros para bancar estas necessidades.

 

Previdência Privada Complementar

Muito bem, aqui vamos então, como utilizar a Previdência Privada Complementar?

Todo mundo sabe que quando a pessoa vem a óbito, tudo o que a pessoa tem, entra em inventário para ser distribuído legalmente entre os herdeiros, okay.

Porém, a Previdência Complementar, aquela parte que está na reserva, provisão matemática, ou seja, não se transformou em benefício, em renda, ou seja está na parte de diferimento na parte dos aportes acumulados, olha só que interessante, este recurso pode ser destinado para apenas uma única pessoa, exatamente!

E o melhor, não entra em inventário, logo, assim que o proprietário vier à óbito, este recurso vai para as mãos deste beneficiário indicado na previdência privada complementar.

Olha só, essa pessoa estando ciente das suas obrigações, terá condições e responsabilidade de arcar com todo o processo do inventário, ela terá este recurso imediatamente em suas mãos (até 30 dias), livrando assim a família de uma grande dor de cabeça.

É claro que em todas essas relações estamos falando de pessoas e as pessoas têm os seus comportamentos, suas índoles, uns mais e outros menos, por isso é muito importante saber a quem ficará este cargo. Entendeu como a Previdência Privada Complementar pode evitar muitos dissabores e brigas familiares? É isso aí.

 

Eu sou a professora Solange Honorato da Acamef, eu explico e descomplico, até o próximo boletim.

 

Postagens Relacionadas